Perguntas frequentes

O que é o Lab 2050?

O Lab 2050 é um projecto que tem como missão lançar um grande debate nacional sobre o Portugal que desejamos para o ano 2050.

O objectivo principal do projecto é a produção de uma visão colectiva do futuro que desejamos para Portugal. O futuro justo e sustentável que desejamos para nós e para os nossos filhos.

Lab2050 não é um projecto de prospectiva no sentido clássico do termo. Não se trata de prever o que pode acontecer nem de desenhar os cenários mais prováveis. Trata-se de dizer o que sonhamos, o que queremos que aconteça, o que queremos construir, o mundo onde queremos viver.

O Lab2050.pt pretende desafiar os cidadãos em geral, de todos os sectores, origens e regiões, a desenhar este futuro que ambicionam para o seu país.

Para que servem as visões que serão produzidas? Elas serão devolvidas à sociedade para continuarem a alimentar a discussão sobre o país que queremos (porque esse debate nunca está concluído), serão disponibilizadas a peritos de prospectiva que as poderão incorporar nos seus cenários, aos autores de políticas públicas que as deverão considerar no desenho de novas políticas e aos decisores políticos, que as devem levar em conta nas suas propostas políticas. A ambição do Lab 2050 é promover uma reflexão colectiva que constitua uma inspiração para a acção.

O que é o PlanAPP?

O PlanAPP – Centro de Competências de Planeamento, de Políticas e de Prospetiva da Administração Pública é um serviço central da administração direta do Estado, integrado na Presidência do Conselho de Ministros, que está em actividade desde Novembro de 2021.

O PlanAPP tem como principal objetivo apoiar o processo de tomada de decisão em políticas públicas ao nível do planeamento, monitorização e avaliação, bem como o desenvolvimento de metodologias e de competências técnicas que permitam melhorar a qualidade dessas políticas públicas.

Ao PlanAPP compete também garantir a coerência das políticas públicas dos diferentes sectores e a sua conformidade com os instrumentos de planeamento estratégico nacionais, promovendo redes de trabalho que integrem os serviços de prospectiva, planeamento, formulação, acompanhamento e avaliação de políticas públicas das diferentes áreas governativas.

Reconhecendo os cidadãos enquanto destinatários finais das políticas, o PlanAPP aposta igualmente na disseminação do conhecimento, procurando envolver e auscultar a sociedade civil como forma de melhoria e legitimação do processo democrático de decisão.

O Lab2050 é um projecto de prospetiva?

Sim e não. Depende da forma como definirmos prospetiva. Em termos rigorosos, o Lab2050 é um projecto de visioning – o que significa que o seu objectivo é construir visões do futuro, que podem ser totalmente imaginadas e não ter qualquer lastro na realidade actual. A prospetiva, na sua acepção tradicional e com as suas diferentes técnicas, parte do presente para definir futuros prováveis, plausíveis e possíveis. A prospetiva preocupa-se em identificar tendências que determinem ou influenciem a evolução do presente e que permitam gerar diferentes cenários para o futuro. O projeto Lab2050 coloca a sua tónica no futuro que desejamos – o futuro desejável, por pouco provável e pouco plausível que ele possa ser. Salta por cima da realidade actual e do futuro imediato para fazer um retrato da meta onde queremos chegar. Num segundo momento pode tentar definir como se chega lá, mas a criação da visão é o ponto de partida. É um projeto onde o sonho e o desejo têm um papel central. O Lab2050 encontra-se, por isso, entre o domínio dos Estudos Utópicos e o dos Estudos do Futuro. O projeto tem ainda a particularidade de utilizar metodologias participativas, tendo a co-criação coletiva como um dos seus valores.

Porque se escolheu como objectivo o ano de 2050?

Escolhemos 2050 porque é o espaço de uma geração.

Em 2050 os filhos vão ter a idade que têm hoje os seus pais. Os estudantes de hoje serão professores. Portugal estará a ser dirigido por uma nova geração. É tempo suficiente para construímos o país que desejamos.2050 é suficientemente próximo para o conseguirmos imaginar e suficientemente longínquo para podermos sonhar um país muito diferente e muito melhor.

2050 é também um horizonte temporal para o qual já se encontram definidas algumas metas nacionais e internacionais que se enquadram em termos genéricos no que podemos designar como futuro desejável:

UE quer atingir a neutralidade carbónica em 2050

Lei Europeia do Clima

O que é a neutralidade das emissões de carbono e como pode ser atingida até 2050?

Roteiro para a Neutralidade Carbónica – Estratégia de Longo Prazo para a Neutralidade Carbónica da Economia Portuguesa em 2050 (RNC 2050)

Espanha 2050 – Fundamentação e propostas para uma Estratégia Nacional a Longo Prazo (Oficina Nacional de Prospectiva y Estrategia)

As reuniões do Lab2050 são abertas ao público?

Em geral não. As reuniões do Lab2050 não são conferências nem palestras onde existem oradores que falam e uma assistência que ouve. São sempre reuniões participativas, com um número limitado de pessoas, reunidas em geral à volta de várias mesas, a quem são colocados desafios (por exemplo: “Como quer que seja a escola em 2050?”) e que discutem entre si para produzir uma visão coletiva. Não há oradores mas apenas facilitadores da discussão. Tentamos que as pessoas convidadas obedeçam a um critério de máxima diversidade (género, idade, origem geográfica e social, etc.)

Como se pode participar?

Existem iniciativas do Lab2050 que são abertas a todos os cidadãos. Lançámos um concurso de conto em parceria com a Associação Portuguesa de Escritores que teve como tema “Portugal, 2050” e, com o mesmo tema, um concurso de BD em parceria com a Bedeteca de Beja e o Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja abertos à participação de todos os autores.Neste momento, no projecto 10 Milhões de Futuros, desafiamos toda a população a enviar-nos vídeos de um minuto descrevendo o mundo que desejam para 2050.

As conclusões do Lab2050 vão ser partilhadas?

Sim. Do Lab2050 deverá resultar um relatório final do projecto e relatórios individuais de cada iniciativa. O relatório final será entregue à entidade financiadora do projecto, à direcção do PlanAPP e à tutela do PlanAPP. Esperamos que este relatório não seja um ponto final no projecto e, pelo contrário, possa alimentar uma discussão permanente sobre os objectivos estratégicos dos portugueses (tanto no debate político como noutros contextos) e sobre as metas definidas nas políticas públicas. Esperamos também que o questionamento sobre o futuro que queremos se torne uma actividade habitual nas escolas e uma perspectiva doravante presente no debate político.

Para que vai servir o Lab2050?

O Lab2050 tem objectivos muito ambiciosos… A sua missão é produzir uma visão colectiva do futuro que desejamos para Portugal no ano 2050, mas queremos mais.

Essa visão (e todos os resultados do projecto, depois de concluído) vão estar disponíveis para consulta e discussão num repositório aberto e serão entregues ao governante que tutela o PlanAPP – organismo onde o Lab2050 está a ser desenvolvido.

O que esperamos é que estes resultados sejam, de alguma forma, tomados em conta no desenho das futuras políticas públicas. Mas esperamos mais.

Gostaríamos que a metodologia de participação e co-criação adoptada neste projecto, depois de devidamente escrutinada e afinada, começasse a ser adoptada de forma alargada nos projectos de prospetiva nacionais.

Gostaríamos de reabilitar a ideia do futuro, o desejo e os sonhos dos cidadãos como motores da política pública, porque não há razão para nos contentamos com menos do que isso.

E gostaríamos que a visão do futuro desejável que nasça do Lab2050 continue a ser discutida, aprofundada e melhorada por todos os cidadãos.