Prémios Lab2050

O projeto Lab 2050 acaba de lançar dois concursos nas áreas do conto e da banda desenhada para desafiar os criadores a pensar no futuro que desejam para Portugal no horizonte do ano 2050.

O Prémio de Conto Portugal 2050 foi criado em parceria com a Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio de Banda Desenhada Portugal 2050 em parceria com a Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja, uma das entidades que, em parceria com a Câmara Municipal de Beja organiza o Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, cuja 18ª edição teve lugar em junho passado.

Ambos os prémios se destinam a galardoar obras originais inéditas de autores portugueses, naturais de um país de expressão oficial portuguesa ou residentes em Portugal. O valor monetário do prémio de conto é de 3.000 euros e, no caso da banda desenhada, serão atribuídos 3 prémios também no valor total de 3.000 euros.

O prazo para a entrega dos originais de ambos os prémios termina a 15 de outubro.

Desenvolvido pelo PlanAPP – Centro de Competências de Planeamento, de Políticas e de Prospetiva da Administração Pública, o Lab 2050 é um projeto participativo, que tem como missão promover um grande debate nacional sobre o Portugal que desejamos para o ano 2050 e estes prémios visam estimular a participação dos criadores portugueses nesse debate.

O principal objetivo do projeto é a produção coletiva de visões de um futuro desejável e sustentável para Portugal. Essas visões serão disponibilizadas à sociedade para aprofundamento da discussão, aos peritos de prospetiva e aos decisores políticos, pretendendo-se que constituam um contributo para a conceção das políticas públicas.

O Lab2050, que tem um financiamento do Programa Operacional de Assistência Técnica 2020, inclui-se na linha de recentes abordagens sobre o envolvimento de cidadãos como fonte de contribuições complementares (citizen visions) às atividades de prospetiva levadas a cabo por peritos.